martedì, luglio 06, 2010

o vento chora como criança
suor embaixo das cobertas
aeronaves passam nas madrugadas
delírios amorfos me transportam..
há outros mundos...
fora/dentro de mim...

1 commento:

Antropologia UFSM ha detto...

não compreendo.