mercoledì, marzo 05, 2008

Fugiste!! Verdade!!!

Sonhei...Sufocante...incompreensões perdidas no tempo, naquelas dúvidas imprecisas sobre a realidade. Quem sabe apenas sobre meu mundo à parte. Foi apenas um sonho, tão breve quanto a madrugada, tão angustiante quanto a falta.... Sonhei delírios verdadeiros de nós, prefiro acordar, então!!!


2 commenti:

impulsos ha detto...

É... as ausências sentidas na pele, que se transportam para os sonhos tornando-os em pesadelos...
Mais vale não sonhar mesmo!

E aquela rosa ali tão sozinha, simboliza bem esse teu sonho.

Beijo

ClariDeggeroni ha detto...

Já dizia a letra da música:
"Nos meus sonhos/ eu prefiro acordar e perseguir meus sonhos/ mas a realidade que vem depois/ não é bem aquela que planejei"

Imagino a que te referia teu sonhos, mas a tuas palavras foram além.

Também te digo que no discurso da tua recepção, aquelas palavras sobre a necessidade de ir além, me lembraram o filme "Cinema Paradiso". Quando a gente permanece no mesmo lugar, um dia a terra (ou= as nossas origens) acaba se tornando má, pois um cemitério de sonhos não pode ser um solo sagrado.

Voa, guria!