giovedì, ottobre 04, 2007

Aonde é que eu vou?

Foto: Francieli Rebelatto


Confusão...
Os dias correm devagar
Passos me cercam
Horas me levam
E eu espectadora de mim mesmo
Para onde vou?

Teria nos braços conforto
Teria nas rimas refúgio
Nas palavras acalanto
No trabalho dignidade
Para onde vou?

Paira no ar
O desejo incansável
Do desconhecido
Do indevido
Do nada
Confusão e então não sou nada

Para onde vou?
Para onde vais?
Seria, mas não seria mais
O que ser então??

Confusão, quem sabe sejam somente resquícios, de um processo monográfico, de uma vontade incontrolável de refúgio nas entranhas institucionais que por tanto tempo nos manteve assim seguros, certos, devidos, mediados. Mas querem nos expulsar, e quem disse que estamos preparados? Quem disse que um dia estivemos preparados para alguma coisa na vida.

Confusão....Para onde vou???

2 commenti:

Juliano Detoni ha detto...

cara.. que saudade de ler
"onde é que tu vaaaai?"

Secreta ha detto...

Para onde vais ? Não sei ... mas segue sempre em frente !
Beijito :)