mercoledì, ottobre 17, 2007

Mais uma vez a dualidade, e não há de cessar!!!



Dualidade
Nervosos traços
da madrugada


Dualidade
Condensados sentimentos
da manhã


Dualidade
Vivenciados ritmos
da tarde


Dualidade
Amarrotados olhares
do fim da tarde


Dualidade
Impacientes respingos de luz
do começo da noite


Dualidade
das mãos dilaceradas
por mais um dia
por mais dois dias
e pelos dias
que se vão,
que se multiplicam
que não são mais nada!!!

4 commenti:

Karina ha detto...

E aí! Pois é, queria ter falado contigo também, mas tu foi embora cedo, logo depois do monólogo do Leonel, né. Mas muito bonitas tuas fotos. Legal tu ter encontrado o blog.

Beijos

Secreta ha detto...

Dualidade de sentires , de vivências...

brisa de palavras ha detto...

As dualidades de uma vida...

um abraço

brisa de palavras

Secreta ha detto...

Boa semana :)
Beijito.