lunedì, marzo 19, 2007

Superfície Vazia...


A superficialidade das pessoas por vezes me assusta, a ti não? Sim, me assusta tanto que não temeria em as comparar com objetos, com meros desígnios mortos. Não entendo, o por que da apatia perante a vida, não entendo o medo de enfrentar nossas verdades. Quem sabe, isso se deve pelo fato de termos medo da opinião alheia ou então o medo da nossa própria fumaça?

Sim, todas hipóteses possíveis, que cada um de nós responde a sua maneira, conforme sua essência. Satania, mesmo sendo sempre tão intensa, esses dias confessou-me em tão baixo, que sentira medo, que fugiu de problemas incompreensíveis. Eu lhe disse que também já viverá assim nessa dificuldade de se tornar mais uma vez intensa, mais uma vez subjetiva. Então lhe perguntei qual fora seu segredo para dar a volta por cima de tudo isso?

Mas Satania não me respondeu, mais uma vez virou as costas sabiamente e apenas deixou tocando Elis...Sim, eu encontrei a resposta, e então comecei a me indignar com a superficialidade que muitos se detém pelo resto de suas vidas. Percebi, então, que o grande mistério da vida é sua intensidade e nada mais.

Por isso lhe pergunto: Estás esperando o que? Ser dissolvido gradativamente pela sua própria ingenuidade de ver apenas com um olho a vida passar? Quem sabe, então sejas apenas uma coisa, uma natureza morta a me espreitar.
Foto e texto: Fran Rebelatto

5 commenti:

Branca ha detto...

Aos olhos comuns
apenas chega esta imagem
que nós ingenuamente
achamos que fazemos passar,
aquilo que supostamente somos...
Mas se repararmos bem,
não é apenas isso
que os nossos olhos conseguem captar, não é?
Eu tento sempre olhar para além da superficialidade,
nem sempre consigo,
há carapaças bem resistentes...
Mas, uma ou outra vez lá consigo ver aquilo que realmente importa, um pedacinho do interior...

Boa Semana! Beijinhos

ClariDeggeroni ha detto...

Acho que superficialidade não é bem uma carapaça, é embotamento emocional...

Existem tantas pessoas que representam misturas de adjetivos nauseantes...

Assusta-me a superficialidade e assustam-me os momentos em que não consigo derramar lágrimas ou dar carinho... Indignam-me as pessoas que acham que tudo está uma maravilha, e confesso, aquelas que não gostam dos homens mas gostam dos animas...

"Me gustan los" que desafiam, os que questionam os que se perguntam...

Aliás, vou te recomendar um blog que achei muito interessante:
http://malditapalavra.blogspot.com/

Só para constar como não existem coincidências, aí vai um pedaço do perfil do orkut dele:

"Acho que sou de outro planeta.. diferente dos padrões, uma ovelha negra para os mais hipócritas!
Vivo como um eremita, um nomade talvez, onde a proxima parada só meu coração vai dizer!"

Acho que esse é dos nossos...

Estranha pessoa esta ha detto...

A mim assusta-me tanto..

Estranha pessoa esta ha detto...

desculpa as minhas parcas palavras de hoje..

guga ha detto...

Opa Clari!

fiquei comovido com oq disse!

e mto feliz de saber que existem pessoas que captam idéias!

valeu messmo!