mercoledì, aprile 12, 2006

As meninas tukunas e suas tradições...

Por que trazer até vocês as fotos dessas doces meninas tukunas? Por que são muitas as coisas que fazem com que suas vidas seja interessante para nós, meros espectadores, é claro.


Primeiramente indenpendente de menina ou menino todas as crianças tukunas quando nascem são pintadas com jenipapo, assim como a gente estava pintado, só que eles pintam toda a criança, pois acreditam que esse ritual vai proteger a criança dos perigos do mundo.


Mas o que é o jenipapo? O jenipapo é uma fruta verde, e muito consistente, não sei ao certo se é comestível ou não, sei que não quis me arriscar. Depois de coletada, os índios ralam a fruta e misturam um pouco de água, depois de bem esmagada a fruta vai soltanto uma tinta preta, que foi da qual nós nos pintamos. O jenipapo leva de duas a três semanas para sair e muitos tiveram a oportunidade de nos ver pintados. Uma experiência incrível, pois eles acreditam que esse corante natural protege para muita coisa, além de ser um repelente natural, já que lá mosquito é o que não falta, de certo forma creio que nós incorporamos um pouco daquela força do jenipapo. Não sei mas eu, particularmente, senti uma grande energia quando me pintei, e uma paz muito grande, necessário para aqueles dias.

Depois gostaria de ressaltar a indenpendência das meninas, que desde cedo cuidam dos irmãos mais novos, isso sem falar na sua indiscutível beleza. Nossa, é muito impressionate a beleza das meninas indígenas e de seu sorriso maroto.


Outro motivo pela qual quero falar das meninas tukuna é pelo fato de elas serem o grande incentivador do cultivo de uma das mais fortes tradições deles: A Festa da Moça Nova, essa festa marca a passagem da menina para a vida adulta, para nós a primeira menstruação. Primeiramente a menina é mantida em reclusão e tem contato somente com a mãe, nesse período ela aprende a fazer os artesanatso da aldeia, com as fibras e corantes. Passado esse período de reclusão a comunidade se reune num local um pouco distante do centro da aldeia, chamado Casa de Festa da Moça Nova, os índios levam suas redes e lá permanecem em três dias de festa, bebendo suas bebidas tradicionais e dançando, depois de muitos rituais o cabelo da moça nova é todo arrancado, pela mãe e pela avó. Eles acreditam que esse ritual, se completará quando o novo cabelo nascer e junto com ele uma nova mulher preparada pra vida, para ser mãe, esposa.


Por isso trouxe até vocês um pouco dessas meninas, que são motivos do cultivo de tradições que aos poucos podem ir se perdendo. Mas o importante é que ele ainda se mantém e que se depender da falta de meninas para acabar, creio que não vá ser problema pois elas são muitas, bonitas e carismáticas.




2 commenti:

Anonimo ha detto...

eu adorei isso sabe pq?
pq foi a unica coisa que eu achei interessante pra fazer o meu trabalho sobre tradições indigenas .
e muiiiiiiito obrigado pq se não fosse por vc meu trabalho iria sair horrivel!!!!!!!
tchau ate mais v!!!!!

Francieli Rebelatto ha detto...

OLá...é uma pena que tenha assinado como anônimo, mas enfim, ter um blog sempre é uma caixinha de surpresa, por que depois de 3 anos às vezes perco a noção de tudo que já escrevi por aqui...Fico feliz que tenha ajudado pelo motivo que seja, e certamente o que este blog tem é de mais sincero e mais verdadeiro da minha trajetória...

Abraços