giovedì, aprile 19, 2007

Que o Blues não seja o último!!!


Tinha tudo para ser uma noite perfeita. Um som legal, uma cerveja bem gelada.aliás falando em som legal falo de Eddie Campbell e por isso falo de blues e para mim, blues têm ritmo de sexo. Segundo um amigo, blues é o ritmo, a essência, a vivacidade de uma relação sexual. Eu não tenho dúvida nenhuma, quanto mais ao som do cara.

Mas como dizia tinha tudo para ser uma noite feliz, mas o dia tinha sido pesado e mais uma vez de uma forma inconseqüente julgo a pessoa pela qual mais amo neste momento na minha vida. A pessoa que consegue deixar meus dias mais leves, que consegue só com sua presença me trazer paz, desconforto, angústia, paixão. Enfim, é a pessoa. Julguei, por que me magoei, por que tenho estado nos últimos dias no meu limite físico, psíquico, mental. Sim, preciso fugir dessa cidade, mas estou presa pela lógica dessa hipócrita sociedade.

Enfim, o show foi um grande sexo, com as minúcias, com os toques, com a essência, mas sem o gozo, por que não tive como relaxar. Estávamos ali, mas de que adiantava, não estávamos também, mas será que algum dia você esteve? Mais uma dúvida, mais um julgamento, tenho medo do teu olhar hoje.


Por tudo isso, me resta fotografar o pé e as letras de nosso grande Eddie Campbell, pois fui nocauteada pela vida e no chão é o meu lugar. Mas que postagem desabafo, e que triste fim!!! Espero que não o seja! Espero que o blues nos perdoe então!!!

6 commenti:

Conceição Bernardino ha detto...

Olá,
Desculpe a minha ausência, mas o que importa é, que estou de volta.
Ofereço-lhe este poema da minha autoria...

Sorriso


Não me lembro de ter nascido,
Não me lembro de ter vivido,
Não me lembro, jamais de alguma coisa
Se não somente, de ter sofrido!
Mas que importa isso agora?
Se sou feliz por ora.
Tenho amigos por todo lado
Os quais eu tanto amo
Os quais eu muito respeito
Sou feliz, por fazer sorrir alguém
Que sofre tanto ou mais do que eu.


Conceição Bernardino

Beijinhos e uma boa semana...
http://amanhecer-palavrasousadas.blogspot.com

Paulo Chagas ha detto...

Fran querida,
blues é palavra pra descrever triste. Blues é palavra pra dizer azul. A dor não tem cor e é difícil descrevê-la. Então...isso nuca ficará por último.
bjão.

Francieli Rebelatto ha detto...

De fato Chagas, terei que concordar contigo, não há de ficar por último e nem será o último, e quanto ao triste, deixamos assim, mais uma vez, hoje estou nos dias de coisas inesplicáveis, acho que preciso durmir...

Mas que inferno eu não sou assim, meu blog não é assim, que fase pessimista...

Mas caros amigos que aqui me lêem o desgaste psicofísico é grande, mas é passageiro, a fênix já sopra devagar de novo do alto do morro e isso quer dizer que renascerá....

Francieli Rebelatto ha detto...

Eles passarão, eu passarinho
bem de mansinho
lá, lá , lá, lá
a loucura ne leva a ver navios
então paro e bebo
mais água do mar
lálálálá
vamos todos cantar
afinal
eles passarão
e eu passarinho!!!

pequenininho...
vamos passear
lálálálálá

Ai cala a boca Fran (não calo, não calo, afinal o blog é meu)...

Insanidades, chegou a hora
insanidades no banheiro, ao quarto escuro
tudo uma grande insanidade
nos passos,
na maluquez
rasgar livros
não, não, não,
quero só escrever!!!

Bill ha detto...

Blues e Jazz são sangue e alma, tudo de bom quando fechamos os olhos e sentimos o mundo girar pausadamente...
E nunca será o ultimo... Como a vida... Sempre se renova... Volta batendo mais forte na alma torta.

Tenhas um ótimo fim de semana.
:*

Nilson Barcelli ha detto...

Nem o blues a salvou...?
Mas esta fase menos boa vai passar depressa.
O poema que escreveu no comentário é fabuloso. Parabéns. acho que o deve publicar como post.
Boa semana.
Beijos.