martedì, aprile 10, 2007

Vitrais de névoas lúcidas!!!

Foto: Francieli Rebelatto

Sussurado é seu piscar
Que breve se desvencilha na possibilidade
Quem sabe veria então?
Seus pés calmos deslizando um contra o outro
As mão mansas roçando devagar?

Sussurava o seu despertar
Quem sabe veria então?
Seu verde olhar na tocante manhã
Os dizeres quentes nos vitrais de névoas?

Sussurava os desejos incomodados
Quem sabe veria então?
O caminho neutro da escolha
A luz tenra de seu divagar primorozo ao nada?

Sussurava de leve a pergunta
Quem sabe veria então?

3 commenti:

Nelson Ngungu Rossano ha detto...

No sussurrar das estrelas vigentes, oiço a paz que Nzambi~teima em não dar,
espero por o sussurrar da
lua vermelha, e me deleitar
no extâse na noite quase perfeita

Beijooo italianinha

=)

Paulo Chagas ha detto...

Se há esforço para ver...há esforço pra entender...
beijo

vida de vidro ha detto...

Quem sabe veria então, para lá dessa lúcida névoa, que a felicidade é possível? **