domenica, aprile 01, 2007

Tempo, corre nas horas mortas de mim mesma!!

Ai o tempo!!!
Se desmancha abruptamente
na face enrugada...
que se desfaz nas palavras descrentes
nas razões e iludidas de um fim!

Ai o tempo!!!
Impreciso nas suas próprias rugas
nos meandros de sua cor
no seu corpo desmantelado
de porvir!

Ai o tempo!!!
Desafia a alma desafeta
a inconcretude de nossos atos
a banalidade de nossas manhãs curtas
de nossa ternura fria!

Ai o tempo!!!
Desarma a descrença na palavra
a impossibilidade do olhar
a verdade dos traços
Enfim, desarma meus passos
e me faz andar mais depressa...

Ai o tempo!!!
no reflexo dos meus discos
das minhas horas
e por que não do meu quarto
No reflexo de mim,
da minha poesia,
enfim, de mais um fim de dia!

12 commenti:

Leonel Henckes ha detto...

Passei por aqui, ego fotográfico e poético da Frã.
Amo a Frã, mas o ego fotográfico também da para aturar.
BJo.

Francieli Rebelatto ha detto...

Huahaahau, que bom Leo, que me permites invadir teu mundo todos os dias com meus tantos egos!!!

Como disse anteriormente no orkut, quero eu construir uma lápide que diga: Aqui jaz um ego feliz, que durante a vida viveu com tal intensidade suas possibilidades que morreu por não não ter mais visto as impossibilidades impostas pela própria vida...

Por isso, vai ego ser gauche na vida e morra digno de ter visto, revisto, escrito e fotografado magestralmente!!!!!

Hj, estou impossível, Leo, não da corda..Tb te amo!!!

Nelson Ngungu Rossano ha detto...

Ai o tempo!!!
que não para na sua extensa vida
que reflecte o que somos e que poderemos vir a ser,
que não para , nem por micro-segundos...

Tempo, tempo sempre com falta dele.

Bj

zeca paleca ha detto...

Ó Francieli, tu és mesmo uma mulher com classe e com um dom divinal para a poesia. Eu tenho um amigo em Montenegro e faço questão de o visitar. Posso dar um saltinho, depois, à tua terra?
Tu és como a loura do meu post,LINDA DEMAIS!

eheheheheh

www.lusoprosecontras.blogspot.com

zeca paleca ha detto...

Gosar de ti faz mal ao LEO?! Então não paro de correr...

eheheheh

Bia ha detto...

É o tempo... o tempo não é um banco... não guarda nossas economias e acumula... o tempo é o hoje, o agora... amanhã o saldo volta a zero. Por isso toca a aproveitar pois ele não espera...
Beijo

Kalinka ha detto...

MAGNÍFICAS AS TUAS PALAVRAS.
ADOREI.

Por cá, a última semana foi atribulada; começou muito mal, aos poucos foi melhorando... e, ontem, sábado culminou no melhor possível.
Uma Amiga da blogoesfera que tinha conhecido há 2 semanas quando visitei o Algarve, sabendo do meu estado depressivo, ofereceu-se para ser minha companheira para um dia de lazer... que bom que foi, lógico que aceitei, é de muitos momentos como os de hoje que eu preciso.
...e, peço a Deus que pela minha vida fora eu encontre outras Antónias, Suzetes e outras Ivones como as genuínas que ontem conheci e, o bem que me fez estar na companhia delas.
Ofereço a elas e a todas as mulheres do Mundo, estas belas flores.

BOA SEMANA.

NOTA: estou a divulgar o «Jantar da Primavera» que se realizará dia 14 de Abril.

MARIA VALADAS ha detto...

Olá minha querida:
Muto obrigada pela visita no meu " espaço"!!
Aqui vim encontrar poesia da mais pura...simplesmente encantadora!

Se me permites...vou colocar o reu link...para que todos os que vistam o meu Blgo...o possam fazer ao teu!

És merecedora!

Beijinho da

Maria

Francieli Rebelatto ha detto...
Questo commento è stato eliminato dall'autore.
Francieli Rebelatto ha detto...

Vontade de gritar...
Presa na garganta o desabafo,
a lágrima no canto do olho...

Vou ao banheiro choro baixinho...
Respiro, então...
me reintegro e volto...

E daí se eu for embora!!!
Por que não é possível viver agora???

Puta merda!!! Que vontade de gritar, mas estou na redação, me controlo...

Volto a mexer em fotos apenas, a teclar trêmula...

A desesperadamente chorar mansamente por dentro, enquanto o corpo...freneticamente se destróe...

Ufa!!! Um desabafo!!! A mais, um mais...e quantos mais???

Obrigada pela visita de todos, mas hj não me inspiro para respinder a ninguém!!!

© Piedade Araújo Sol ha detto...

Francieli

Tens mesmo um dom de poeta.

Parabéns menina!

brisa de palavras ha detto...

Sempre o tempo a comandar a vida...o tempo que faz, o tempo para...sempre o tempo!
um abraço
brisa de palavras