sabato, novembre 11, 2006

No parede do quarto, nos resquícios da alma...

Porto Alegre adormecia lá fora, naquelas noites que ainda eram frias, bem diferentes daquelas de a poucos dias. Segunda-feira e eu cada vez menor. Eu? Na verdade Satania, vazia, permanece imórbida no quarto quase escuro e gélido. Da sua bolsa descolorida retira uma caneta que voraz desliza sobre o papel escurecido. Era só isso que a mantinha presa àquela certeza: tais palavras, tal sentimento do que teria feito.

Caneta e papel cúmplices de um encontro seguro, porém imaturo, cúmplices da covardia dos olhos de Satania, que nervosa esmorece a cada nova palavra que brota de sua alma inquieta naquela noite e em tantas outras pelas quais estava subjugada.

No quarto resquícios de sua alma insegura naquela noite nervosa, porém calma de segunda-feira. Queria ela fugir daquele ambiente sufocante, porém, escolherá permanecer, escolhera pela fraqueza. O quarto, como ia dizendo: escuro, vazio, frio, mofado, com móveis desalinhados e no banheiro o chuveiro chora vagarosamente gotas de saudade do último banho da tarde. O último antes de o ser uma nova Satania.



Perfeita descrição de sua alma traduzido nas paredes manchadas do cômodo incomodo. Enfim, Satania adormece mais uma vez inconformada com o que se tornara, inconformada com a saudade do banho da tarde, das páginas da vida que deixará em Santa Maria.

10 commenti:

Kalinka ha detto...

CONVITE:

Vem hoje - domingo - para o Magusto.
Continuam as castanhas assadas à tua espera, nozes e figos secos também na mesa e, não poderia faltar a jeropiga.

Cá te espero. Beijokas.

Klatuu o embuçado ha detto...

Minha cara, Francieli Rebelatto... acredito que há jornalistas... não acredito que exista mais jornalismo! A razão é simples: o jornalista hoje é uma espécie de honestidade de donzela... dentro de um bordel!
Não há informação... apenas manipulação do real.

Dark kiss.

P. S. Alguns desmaiam... mas nem isso os salva de culpa... :)

Riscos & Rabiscos ha detto...

Que desalento que eu vejo por aqui, que zanga com a vida é esta?!
Não posso deixar de dizer que o texto me levou a cena como se visse um filme, mas espero não ter-te visto a ti como papel principal.
Queres uma ideia?! calça uma meia de cada cor, um bota alta e vais ver que durante o dia cada vez que te lembrares darás um sorriso.

Jinhos
Kikas

Andreia do Flautim ha detto...

Uma coisa assim... humm, triste?

Fernando ha detto...

Depois de tudo que conversamos hoje, não sei o que dizer, sempre te achei achei a mulher mais forte e admirável do mundo, e hoje, pode acreditar mas te admiro ainda mais, pois tudo o que fizeste não foi covardia como julgas, foi força, foi coragem para continuar a própria vida, sim, erraste mas nem por isso deve te martirizar de tal forma, ao contrário deves dar uma nova chance para tua vida, para teu brilho no olhar. Quando vier para cá, passe aqui em casa, temos muito o que conversar mas saiba que estou contigo, jamais haveria de te condenar pois sei quem és e como és e sei que os motivos que te levaram a tanta coisa foram fortes o suficiente para cometer erro. Eu não saberia o que fazer, provavelmente estaria agora entorpecido numa camisa de força e tu estas ainda a fazer piadas do meu palavreado elaborado. Te amo minha amiga, és fortaleza e isso ningúém pode negar. Beijos e cuide-se

vida de vidro ha detto...

Um texto estranho e revoltado. Algo não vai bem contigo, decerto. A vida é só uma, há que tentar vivê-la o melhor possível. **

Velho da Montanha ha detto...

inspirações portoalegrenses p screve?! hehehehe
eu tb to nessas...
e, por falah in screve, atemos q publicar nosso conto coletivo

bj

Estranha pessoa esta ha detto...

Sinto-te tão distante de ti mesma...
...
Onde anda o teu Porto?
De certo que ele anda aí.. o de Abrigo.

Miudaaa ha detto...

Há dias assim...
mas sabes bem que temos uma vida... e que ela passa tão depressa, que tens que a agarrar com toda a tua garra.
Não são palavras... bla bla bla... é uma grande verdade!!!

Mas eu sei, que tu o sabes MUITO BEM, ou melhor que eu.

Um beijo da miudaaa

Myllana ha detto...

:)
Brasil....
Saudades