martedì, agosto 22, 2006

Aos teus pés, teu gosto...

No crepúsculo da noite quente
Da qual te sinto entre meus braços
Escorre em nós desejos voluptosos
Escorre em mim vontade de tua língua.


Tua mão se precipita nas minhas entranhas úmidas
Tua boca se farta dos meus seios doces
Na outra mão meus cabelos desregrados.
Mas é loucamente que caio aos teus pés e sinto teu gosto infame.

6 commenti:

Anonimo ha detto...
Questo commento è stato eliminato da un amministratore del blog.
Susana Leite ha detto...

"se sexo é o que importa, só rock é sobre amor".

Francieli Rebelatto ha detto...

Grande sabedoria, heim...

Jupiter ha detto...

és o erotismo em palavras, como as que deixaste no meu blog. vem...

Marília ha detto...

que vontade de te ver depois de ler isso aqui... hahaha. mas pra te dar um colo.

Marília ha detto...

que vontade de te ver depois de ler isso aqui... hahaha. mas pra te dar um colo.