sabato, agosto 26, 2006

Palavras..onde te escondes?

Deslizo entre as sombras absortas, das palavras que carrego comigo, que busco para meus versos. Permaneço presa ao desejo incontrolável de tuas rimas, de teu sangue vertendo entre as linhas mal feitas no papel em branco.

Sinto a repulsa por mistérios que me mostras, por confusões que me crias nos meandros de teu significado. Mas, mesmo assim desejo-te presente entre minhas mãos, minhas pupilas dilatadas, minha mente perturbada pela tua falta.


Te escondes na sombra das linhas inócuas

Sim, por que tu és palavra a minha escravidão singela, a minha tormenta desmedida, minha coragem em noites longas, meu medo em dias de sol, de chuva. És minha constante busca pelo inconstante, és minha esperança de lhe possuir.

Meu Deus, o que és então palavras, senão mais do que palavras, sentimentos, angústias, gozo, felicidade, ele, eu, nós, a minha vida entre os dedos, entre os fios de cabelo, entre a barba mal feita, entre o cheiro de álcool. És o que quero ver, mas é também o que quero esconder.

Busco - te invonluntariamente, mas as tenho sem perceber.

4 commenti:

Francieli Rebelatto ha detto...

Nossa e não é que rendeu, estou tão desamparada de palavras para meu blog, mas acho que até consegui escrever alguma coisa nessa noite de sábado tão vazia...inócua, desmedida..

na foto cenas do espetáculo que fotografei agora a pouco,e nem deu tempo pra editar, quando fotografei pensei que iria tradzuir bem esse sentimento de se esconder entre as sombras..heheh

BEIJOS amigos e um ótimo domingo...

sonho ha detto...

Apenas com palavras sentidas o ser humano alcança a comprensão mútua. Que a partilha das palavras enquanto forma de expressão continue a acompanhar-te e que a tua poesia profunda e sentida continue a despertar a nossa sensibilidade para que nos encontremos em todas as tuas belas e coloridas palavras com que nos encantas diariamente.

Sem mais palavras

Beijoquitas
Di

Kalinka ha detto...

FRANCIELI

Você está cheia de inspiração, viu?

Belas palavras, profundos pensamentos, doces sentimentos.

Obrigado pela sua visita no meu kalinka, volte se quiser, eu gostei de visitar este espaço, eu vou voltar...
Beijokas.

byrata ha detto...

Francieli,

rendeu mesmo, traduzes através das palavras, agora reveladas, sagaz inspiração.

Grata surpresa pra mim, primeiro pela tua postagem, depois por conhecer teu espaço,podes enviar uma foto ou referência, para eu me situar sobre ti?

Byrata